Por que mulheres solteiras são mais propensas a ter uma casa do que os homens?

Nas 50 maiores áreas metropolitanas dos EUA, as mulheres solteiras são quase duas vezes mais propensas a serem donas de imóveis do que homens solteiros.

Um novo relatório do mercado de empréstimos on-line LendingTree descobriu que as mulheres solteiras possuem muito mais casas do que suas contrapartes masculinas. O estudo revelou que nas 50 maiores áreas metropolitanas do país, as mulheres solteiras têm quase duas vezes mais chances de serem proprietárias de imóveis do que homens solteiros. Mulheres solteiras em Nova Orleans, por exemplo, possuem 27% de todas as residências, em comparação com apenas 15% para homens solteiros. Várias cidades apresentavam disparidades de mais de 10%.

Curiosamente, não havia cidades em que homens solteiros superassem mulheres solteiras. Esta é uma tendência surpreendente, observou o autor, “dado que a mulher comum nos EUA ganha apenas 80% do que o homem comum ganha”. Para aqueles familiarizados com a economia de gênero, no entanto, os resultados do relatório da LendingTree não são surpreendentes. pelo menos.

Olhando mais fundo

Apesar das afirmações populares de que o sexismo é o culpado pela disparidade salarial entre homens e mulheres, pesquisas empíricas recentes indicam que a disparidade se deve em grande parte ao fato de homens e mulheres fazerem escolhas diferentes, não de discriminação generalizada. Quando são feitas comparações entre indivíduos com empregos semelhantes e mantendo a idade, educação e experiência constantes, a diferença salarial diminui.

A decisão de casar e ter filhos tem um impacto profundo nos ganhos. Embora o homem comum faça mais do que uma mulher comum, a disparidade é invertida quando se olha para mulheres solteiras versus homens solteiros. Com base em dados compilados de 2.000 comunidades urbanas, um estudo descobriu que o salário médio para mulheres jovens, solteiras e sem filhos é cerca de 8% maior do que homens com as mesmas características.

Outras cidades têm diferenças salariais de dois dígitos, chegando às vezes a 20%. Pesquisas adicionais mostraram que as mulheres solteiras com formação universitária entre as idades de 40 e 64 anos ganham uma média de 17,5% mais do que seus pares do sexo masculino.

O casamento geralmente tem efeitos opostos nos rendimentos de homens e mulheres. Como economista Thomas Sowell escreve em seu livro Economic Facts and Fallacies, uma mulher casada assumirá tradicionalmente a maioria das responsabilidades domésticas, incluindo cuidar das crianças, liberando tempo para o marido se concentrar em sua carreira em detrimento dela própria.

Sabendo disso, faz pouco sentido esperar que os resultados econômicos para as mulheres em geral sejam iguais aos das mulheres solteiras. Como as mulheres jovens e solteiras tendem a ganhar mais dinheiro do que os jovens solteiros, também devemos esperar que elas tenham mais casas. Como mostra o relatório do LendingTree, esse é precisamente o caso.

Tyler Curtis trabalha como credor em um banco comunitário em Missouri. Ele também é formado em Economia pela Missouri University of Science and Technology.

Via Fee.org

Por que mulheres solteiras são mais propensas a ter uma casa do que os homens?
5 (100%) 1 vote