O Mito da Oferta e Demanda Agregada

A ideia Keynesiana de analisar toda oferta e demanda de forma agregada gera distorções na economia, levando à inflação e aumento do desemprego. Já se passaram mais de 80 anos desde o início da revolução keynesiana na economia, com a publicação da Teoria Geral do Emprego, Lucro e Dinheiro, de John Maynard Keynes, em 1936….

Continue lendo

Como a Uber está silenciosamente se tornando um dos maiores serviços de entrega de alimentos do mundo

Conhecida pelo aplicativo de caronas, a Uber se lançou de vez no setor de entrega de alimentos com a marca Uber Eats, a estratégia parece estar dando certo, muito certo. A história dos aplicativos de pedidos de alimentos é repleta de concorrentes bem-sucedidos que nunca evitaram de dar créditos extras para deixar os clientes satisfeitos….

Continue lendo

A Educação é uma Mercadoria?

Eu geralmente pergunto à pessoa o que ela quer dizer com “mercadoria” e porque ela acredita que a educação não se qualifica como tal. O melhor que posso dizer é que o termo “mercadoria” tem pelo menos duas definições no senso comum. Se a educação é ou deve ser uma mercadoria, pode depender apenas da…

Continue lendo

A zona do euro está em uma zona de perigo

É fácil concluir que a União Europeia, e a zona do euro em particular, é uma bomba-relógio financeira que está à espera de acontecer. A maioria dos comentários se concentra em problemas que são rotineiramente remendados, como a Grécia, a Itália ou o resgate do Deutsche Bank. Isto é um erro. O Banco Central Europeu…

Continue lendo

O Brasil e a Economia de São Paulo No Século XIX

A cidade de São Paulo é não apenas a maior do Brasil, como um dos maiores centros urbanos do mundo. Seu crescimento demográfico é fruto de uma intensa valorização do Planalto Paulista, cujo ponto de partida foi os aldeamentos dos padres jesuítas no século XVI. No entanto, é sabido que o desenvolvimento paulistano só ocorreu…

Continue lendo

Socialismo: uma doutrina de aristocratas

Entre a infinidade de enunciados falaciosos e erros factuais que formam a estrutura do socialismo, há dois que são especialmente refutáveis. Marx afirma que o capitalismo causa crescente pauperização das massas, e afirma alegremente que os proletários são intelectualmente e moralmente superiores à burguesia limitada, corrupta e egoísta. Não vale a pena perder tempo em…

Continue lendo

Por que a epistemologia é importante (na economia e na nutrição)

Cetonas estão por toda parte. E assim estão associadas dietas ricas em carboidratos e com alto teor de carboidratos, bem como padrões alimentares que incluem jejum intermitente – todas defendidas como soluções para obesidade, Alzheimer, diabetes, etc. Embora as dietas existam há algum tempo, a adição de jejum intermitente é nova, embora onipresente. Tanto que…

Continue lendo

O que o polilogismo nazista pegou emprestado de Karl Marx

Até meados do século XIX, ninguém se atreveu a contestar o fato de que a estrutura lógica da mente é imutável e comum a todos os seres humanos. Todas as inter-relações humanas são baseadas nesta suposição de uma estrutura lógica uniforme. Só podemos falar uns com os outros porque podemos apelar para algo comum a…

Continue lendo

Florestas Privadas, Benefícios Públicos

As florestas privadas fornecem água, oportunidades recreativas, madeira e outros produtos florestais, além de habitat para peixes e animais silvestres. No entanto, como as florestas se tornam fragmentadas por estradas ou convertidas em desenvolvimento, os benefícios que elas proporcionam podem ser comprometidos ou perdidos por completo. Agora, uma nova contribuição econômica de terras preservadas pelo…

Continue lendo

Dependência e Liberdade – Ideias de Adam Smith e Rousseau

O estado de liberdade impede a dependência? Pode alguém ser livre enquanto incapaz de existir em isolamento? Rousseau e Smith se confrontam nesse ponto por causa de suas visões distintas sobre a natureza humana. Para Adam Smith, a liberdade é resultado de acidentes fortuitos; é historicamente contingente, um produto de forças de mercado egoístas, em…

Continue lendo

A Grande Transformação e a Revolução da Riqueza dos Homens

Antes de Adam Smith (1723-1790), poucos pensadores modernos apresentaram o mesmo refinamento analítico sobre o processo econômico conhecido vulgarmente como capitalismo. Isso ocorrera não por serem intelectualmente inferiores, senão por terem escrito em uma época anterior, um período de transição das instituições tradicionais para uma nova forma de produção. Smith vivera quase toda sua vida…

Continue lendo

Equipe converte resíduos biológicos em combustível compatível com diesel

Em um passo em direção à produção de combustíveis renováveis ​​que são compatíveis com a infraestrutura de combustível diesel existente, pesquisadores relatam que podem converter resíduos úmidos, como suínos e restos de comida, em um combustível que pode ser misturado com diesel e que compartilha a eficiência de combustão do diesel. Os pesquisadores relatam as…

Continue lendo

O pessimistas da superpopulação se enganaram (e ainda se enganam)

A superpopulação é um problema? Estamos ficando sem recursos? De onde veio a preocupação com o crescimento populacional e o esgotamento de recursos? Quão precisas foram as previsões anteriores de melancolia por pessoas que estavam preocupadas com as duas questões? Conseguiremos combinar um número crescente de pessoas e padrões de vida mais altos com uma…

Continue lendo

Como o governo romano destruiu a economia com planejamento central

Em 449 a.C., o governo romano aprovou a Lei das Doze Tábuas, regulando grande parte da vida comercial, social e familiar. Algumas dessas leis eram razoáveis e consistentes com uma economia de contrato e comércio; outras prescreviam punições terríveis e atribuíam poderes cruéis e privilégios dados a alguns. Outros regulamentos fixaram uma taxa máxima de…

Continue lendo